Colaboradores da Unifeob fazem treinamento sobre protocolo de retomada

Colaboradores da Unifeob fazem treinamento sobre protocolo de retomada

Mesmo com a regressão para a fase laranja, todos os colaboradores aprenderam sobre as medidas de biossegurança necessárias

Na última sexta-feira (21), os mais de 450 docentes e colaboradores da Unifeob foram convidados a se reunir virtualmente pela plataforma Google Meet para aprender todos os detalhes do Protocolo Sanitário e de Biossegurança elaborado por especialistas do Centro Universitário. O objetivo é que todos estejam conscientizados e aptos a realizar a retomada gradual de atividades presenciais nas estruturas físicas da instituição assim que os órgãos competentes autorizarem. A iniciativa foi do Comitê Emergencial Multidisciplinar, responsável pelas diretrizes relacionadas à pandemia de Covid-19, com organização da área de Gente & Gestão.

“Hoje nós ainda não temos a possibilidade de retornar, mas esse protocolo norteia a todos sobre como vamos precisar nos comportar quando chegar o momento”, diz a coordenadora dos cursos de Ciências Biológicas e Biomedicina, Cíntia Rossi

A capacitação foi ministrada pela coordenadora dos cursos de Ciências Biológicas e Biomedicina, Cíntia Rossi, e pela docente do curso de Medicina Veterinária, Juliana Bonfante. “Todos sabemos da importância de tomar as precauções já conhecidas para achatar a curva de contaminação. Por conta delas, conseguimos retardar a ação do vírus no interior e só agora, em agosto, o número de casos em nossa região teve um aumento”, afirmou Cíntia. “Hoje nós ainda não temos a possibilidade de retornar, mas esse protocolo norteia a todos sobre como vamos precisar nos comportar quando chegar o momento”.

“Cada setor da Unifeob terá um funcionamento específico, por conta de suas particularidades”, explicou Juliana. Entre as diversas ações tomadas, como a instalação de recipientes com álcool em gel, tapetes sanitários por todos os campi e nova sinalização de segurança, será obrigatório o distanciamento social de 1,5 metro entre as pessoas. “A Unifeob também vai fornecer máscaras para os colaboradores trocarem ao longo do dia”.

“Durante todo esse movimento de virtualização e adaptação das atividades presenciais, monitoramos, avaliamos e definimos estratégias semana a semana em reuniões do Comitê Emergencial Multidisciplinar”, contou a coordenadora de Operações Acadêmicas, Michele Colla. A chefe de gabinete da Unifeob, Danielle Rodrigues, disse que foi feito um mapeamento de todos os colaboradores que fazem parte ou vivem com alguém do grupo de risco. “Temos canais diretos de comunicação e estamos à disposição para auxiliar em tudo que precisarem”.