UNIFEOB é premiada no GEduc 2019

UNIFEOB é premiada no GEduc 2019

O Projeto Pedagógico da UNIFEOB foi um dos vencedores no Prêmio de Gestão Acadêmica, no GEduc 2019. A cerimônia de premiação aconteceu no dia 27 de março de 2019, em São Paulo.

“Grata satisfação ter esse reconhecimento externo, ainda mais em um concurso com a participação do Brasil inteiro. Esse é o fruto de um trabalho em equipe que abrange toda a instituição. A gestão baseada em competências está presente dentro e fora da sala de aula. Desde 2012, observamos crescimento significativo em todos nossos principais indicadores. “, comenta o Pró-Reitor Acadêmico, José Roberto Junqueira, sobre o prêmio recebido.

O Congresso Nacional de Gestão Educacional é um evento destinado a gestores de instituições de ensino básico e superior e tem como principal objetivo incentivar práticas eficazes para a melhoria da educação no Brasil. Este ano, a pauta foi a Educação 4.0 – A revolução nas Instituições Educacionais. Dentre os temas debatidos, estão: ferramentas digitais, inovação em sala de aula, protagonismo do aluno, novas metodologias ativas, EaD, inteligência artificial e aprendizagem interativa.

“Há 7 anos consecutivos, a UNIFEOB apresenta evolução positiva no IGC (Índice Geral de Cursos), sendo que nos três últimos ciclos, se manteve no seleto grupo das IES com conceito 4, dos 5 possíveis. Ocupando, atualmente, entre as 2.083 Instituições de Educação Superior brasileiras, a posição 255º, que a coloca no grupo de 12,2% das melhores instituições do país e 10 posições acima da que obteve no IGC 2016. E está na 7ª posição entre os 67 Centros Universitários do Estado de São Paulo”, afirma Michele de Oliveira, coordenadora acadêmica da UNIFEOB, sobre os índices de qualidade do MEC (Ministério da Educação).

 

PROJETO PEDAGÓGICO

O Projeto Pedagógico da UNIFEOB tem como objetivo não só formar profissionais, mas, também, possibilitar aos estudantes, o desenvolvimento das competências exigidas pelo mercado. Além disso, é necessário desenvolver autonomia, responsabilidade e incentivar a capacidade de autoavaliação.

A diretora acadêmica, Ana Flávia de Carvalho, afirma que esse protagonismo do estudante é o grande diferencial do Projeto da Pedagógico. “Alinhar o desenvolvimento de competências técnicas e atitudinais, com conteúdo significativo, que promova o protagonismo e a autonomia do estudante, demanda dos docentes planejamento e encontros de aprendizagem diferenciados e que promovam a eficiente interação entre teoria e prática. Esses são os diferenciais do Projeto Pedagógico Institucional, que é reconhecido pela qualidade dos estudantes egressos, tanto pelo MEC, como no caso do GEduc”.

O enfoque é a organização curricular por módulos, de acordo com o mercado de trabalho, facilitando as práticas interdisciplinares e transdisciplinares.

Diferente dos métodos tradicionais de ensino, a proposta é a formação integrada com um significado para o estudante. Dessa forma, o estudante se torna o protagonista de todo processo.

“O projeto tem o estudante como protagonista do processo de ensino e aprendizagem, sendo essa a ênfase de uma educação que liberta e estimula o pensamento crítico”, completa Ana Flávia, sobre o Projeto Pedagógico da instituição. “Também há a consideração e respeito pelo perfil do ingressante, que já traz suas experiências, visando um egresso com uma formação integral e mais humana, que possa de fato gerar uma contribuição para nossa sociedade”, conclui.