Trabalho de ex-alunas de Enfermagem da Unifeob se torna capítulo de livro

Trabalho de ex-alunas de Enfermagem da Unifeob se torna capítulo de livro

O convite foi feito após apresentarem o conteúdo no Congresso Brasileiro de Enfermagem

As ex-alunas do curso de Enfermagem da Unifeob, Ana Carolini Brandão Cunha e Luana de Oliveira Zamboni, sob orientação da docente Leila Oliveira, alcançaram uma conquista importante para suas vidas profissionais e acadêmicas: o segundo capítulo do livro “Cuidado de Enfermagem” (editora Epitaya), lançado na noite de quinta-feira (13), é o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) “A Comunicação da Equipe de Enfermagem com o Paciente Surdo”, desenvolvido por elas e apresentado no 70º Congresso Brasileiro de Enfermagem, em novembro de 2018, na cidade de Curitiba – PR.

O convite para contribuir com a obra chegou por e-mail, após a editora consultar os anais do Congresso. Luana afirma que a publicação abre muitas portas. “As vantagens são inúmeras. Além da visibilidade, estamos contribuindo para a comunidade acadêmica de modo a disseminar o conhecimento”, conta. “Senti uma felicidade enorme, a sensação de que todo esforço valeu a pena. Hoje estamos colhendo os frutos, compartilhando e agregando valor ao assunto”.

“O desenvolvimento deste trabalho foi regado a muito comprometimento. Por ser um tema importante, necessário e interessante para ambas, elas correram atrás e fizeram acontecer”, diz a docente de Enfermagem da Unifeob, Leila Oliveira

A maior dificuldade da pesquisa foi a escassez de publicações sobre o tema – o que torna o trabalho ainda mais relevante para a comunidade acadêmica e profissionais da área. “Apresentar no Congresso foi muito interessante, porque tivemos a oportunidade de mostrar nossa ideia e falar sobre a importância do assunto”, relata Ana Carolini, que ressalta a importância da orientadora para chegar ao objetivo. “A Leila foi fundamental, esteve ao nosso lado desde que escolhemos o tema. Ela abraçou a ideia e nos deu total apoio e incentivo. Foi um trabalho realizado em equipe”.

Enfermeira especialista, a orientadora Leila falou sobre a obra por videoconferência na cerimônia de lançamento e elogia a dedicação das autoras do texto. “O desenvolvimento deste trabalho foi regado a muito comprometimento. Por ser um tema importante, necessário e interessante para ambas, elas correram atrás e fizeram acontecer”, relembra. Para a professora, a publicação do livro servirá de incentivo a mais estudantes do ensino superior. “Eles vão ver o quanto é importante se dedicar aos TCC, porque os resultados podem ser surpreendentes e muito positivos. É também um reconhecimento para a Unifeob, vista Brasil afora como uma instituição idônea, séria, que investe e é preocupada com o aprendizado e desenvolvimento de seus acadêmicos”.

Cuidado de Enfermagem

O conteúdo do livro aborda temas sobre quem cuida e quem é cuidado, com o diferencial de discorrer também sobre quem exerce a docência na formação de enfermeiros. Publicar a obra em 2020 é também uma celebração ao Ano Internacional dos Profissionais de Enfermagem, definido pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e Organização Mundial da Saúde (OMS). O trabalho “A Comunicação da Equipe de Enfermagem com o Paciente Surdo” está no capítulo 2, página 20.

“Enfermagem é a arte de cuidar. Sou docente na Unifeob há 14 anos e posso afirmar que me preocupo com o aprendizado e em formar profissionais com as competências exigidas pelo mercado; pessoas responsáveis que amem cuidar de outras pessoas” diz Leila. Para ela, o TCC e a publicação contribuíram para os estudantes entenderem a necessidade de desenvolver e prestar uma assistência de enfermagem humanizada por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras), segunda língua oficial do Brasil desde 2002. “Estou realizada, com a sensação de dever cumprido. Todo o esforço vale a pena, o que não podemos é desistir no meio do caminho”, finaliza.