Teleatendimento e Ginástica Laboral da Unifeob são abertos à comunidade

Teleatendimento e Ginástica Laboral da Unifeob são abertos à comunidade

As iniciativas colecionam resultados positivos na melhora de vida dos participantes

Que o home office virou a rotina de todo mundo pelo avesso, ninguém nega. O problema são os efeitos maléficos na saúde – tanto física quanto mental e emocional –, que afetam severamente a qualidade de vida das pessoas nos últimos meses. O curso de Fisioterapia da Unifeob, em parceria com a área de Gente & Gestão, já desenvolvia trabalhos de ginástica laboral e massagem aos colaboradores; agora essa iniciativa foi ampliada, com a inclusão do teleatendimento, e expandida: toda a comunidade pode participar.

Isso significa que, independentemente da cidade onde resida, empresa em que trabalhe ou instituição em que estude, você pode solicitar consultas individuais com os veteranos de Fisioterapia da Unifeob e ingressar na prática de ginástica laboral on-line. E não precisa ter vergonha: a câmera só é ligada se você quiser. “As pessoas não devem se sentir constrangidas, em momento algum nós vamos pedir para mostrar nada do local de trabalho”, esclarece a docente Patrícia Pezzan, responsável pelo projeto com os preceptores Paulo Henrique Silva, Antônio Carlos Simões e Mariana Pavani.

Teleatendimento

A proposta é analisar individualmente, por meio de relatos, as condições de trabalho, características ergonômicas e incômodos durante a rotina. “Nós damos atenção individualizada para adequação, correção da postura e também dicas de melhorias no dia a dia”, explica Patrícia. A quantidade ideal de atendimentos é definida após uma avaliação realizada no primeiro encontro, quando também fica estabelecido se a periodicidade será semanal ou quinzenal. Dentro da área de Saúde da Mulher, especialidade da professora, a atividade também é desenvolvida com gestantes. “Tem sido uma experiência muito bacana”.

A participação é fortemente indicada para quem sente dores na coluna, nos ombros, punhos, cansaço e inchaço nas pernas, fadiga mental e estresse. A equipe especializada da Unifeob analisa caso a caso e prepara exercícios, recomendações e alterações para aplicar diariamente. “São condutas de melhorias do local de trabalho, ou seja, o domicílio, com relação à parte ergonômica: como adequar melhor a cadeira, o computador, a mesa, bem como orientações de postura, pausas no trabalho, o que fazer para melhorar os sintomas e exercícios elaborados especificamente para quem está sendo atendido”, afirma a fisioterapeuta.

“Nós damos atenção individualizada para adequação, correção da postura e também dicas de melhorias no dia a dia”, diz a docente do curso de Fisioterapia da Unifeob, Patrícia Pezzan

Ginástica laboral

Diferente do teleatendimento, que é individual, a ginástica laboral é uma prática coletiva muito saudável tanto para o corpo quanto para o desenvolvimento social. Os exercícios são mais generalizados, com o objetivo de trazer melhoras físicas a todos. “Recebemos tanto pessoas em boa condição física quanto em uma condição não tão apropriada, com boa postura de trabalho e sem. Nós iniciamos o trabalho em agosto e já estamos atendendo inclusive empresas de outras cidades, como Poços de Caldas”, conta Patrícia.

Ambos os projetos continuarão mesmo após a atual fase de pandemia. “As pessoas podem ter dificuldade de ir aonde os estudantes de Fisioterapia estão para serem orientadas, então vamos manter o teleatendimento, principalmente porque os resultados têm sido muito satisfatórios”, ressalta.

Serviço

Quer participar? Então não perca tempo, confira os dias e horários em que os projetos da Fisioterapia Unifeob acontecem. Esperamos você!

Teleatendimento: terças, quartas ou quintas-feiras – das 8h às 9h ou das 10h30 às 12h

Agendar pelo formulário: forms.gle/N8Ng3FqMMYkqxWgc9

Ginástica laboral: segundas, quartas e sextas-feiras – 14h30

Link do Meet: meet.google.com/uhi-kcpg-kfz