Ex-aluna da UNIFEOB é homenageada por trabalho sobre a escravidão

Ex-aluna da UNIFEOB é homenageada por trabalho sobre a escravidão

A historiadora Carolina dos Santos Melchíades, formada na UNIFEOB em 2018, recebeu o título de Cidadã Afrodescendente na Câmara Municipal de sua cidade, Espírito Santo do Pinhal – SP, no último dia 25. Ela foi homenageada por seu artigo científico sobre escravidão. “Tenho um grande vínculo com o tema por ser descendente de escravos”, explica. “Sempre quis saber a origem do meu sobrenome e, procurando a fundo, soube que foi herdado pela Lei do Ventre Livre”.

A pesquisa foi feita no ano passado como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de História. “Estudar na UNIFEOB foi um privilégio. Tive aulas com grandes mestres e doutores”. Agora, ela tem participado de eventos e debates sobre o assunto e o artigo tem tido grande repercussão. “Muitas pessoas não sabem como foi o processo da abolição aqui no em Pinhal. Nossa cidade tem muita história e por isso todos têm se mostrado interessados”, comemora.

Conscientização

Neste mês, Carolina esteve em mesas redondas sobre o Dia da Consciência Negra, organizado pela 11ª subseção da Ordem dos Advogadas do Brasil (OAB), e sobre os 300 anos de escravidão no Brasil, organizado pelo Departamento de Cultura da Prefeitura de Espírito Santo de Pinhal. “Lá também fiz um panorama histórico sobre o tema”.

A historiadora defende mais ações de conscientização sobre o tema para que os direitos assegurados por lei sejam, de fato, concedidos e aplicados a todos. “Foram 300 anos de escravidão e sofrimento. O racismo ainda é forte em nosso país e nós, negros, estamos lutando por nosso espaço”, conclui.