Ex-aluna de Marketing da Unifeob ajuda feirantes durante a crise

Ex-aluna de Marketing da Unifeob ajuda feirantes durante a crise

Simone cria anúncios personalizados para produtores rurais para incentivar o comércio eletrônico

Não é novidade que nossos ex-alunos constantemente nos enchem de orgulho, mas em tempos de pandemia e isolamento social, atitudes como a de Simone Nicolau da Silva são ainda mais bem-vindas e dignas de reconhecimento. Em 2016, ela concluiu o curso de Marketing da Unifeob e hoje é gestora de marketing da Nova Rota Expedições, uma prestadora de serviços turísticos de Capitólio – MG. Desde o fim de março, ajuda feirantes com ações gratuitas de comunicação visual para incentivar o comércio local, muito prejudicado pelas restrições por conta do coronavírus.

“Como as feiras livres estão suspensas neste período de pandemia, eles encontraram a oportunidade de fazer o atendimento delivery e me senti compelida a ajudar com um pouco do meu conhecimento. Ofereci ao grupo, de forma voluntária, a criação de anúncios com imagens dos produtos e informações sobre contato e entrega”, explica. “Sempre que posso, também envio vídeos motivacionais, estratégias de vendas para atrair clientes e orientações para promover o trabalho do produtor rural”.

Ações realizadas

O objetivo era melhorar a relação virtual entre cliente e feirante. O primeiro passo foi a criação das artes visuais; em seguida, Simone buscou conscientizá-los da importância de usar ferramentas de marketing para negócios, como a análise SWOT (gráfico para identificar pontos fortes e fracos de um empreendimento, bem como oportunidades e ameaças); logo, criou um grupo em um aplicativo de mensagens para tirar dúvidas, fazer debates e ouvir sugestões e passou a alimentar as mídias sociais da feira; por fim, tem implementado soluções para promover produtos e fidelizar clientes.

“Sem a participação de todos os professores que tive na Unifeob, nada disso teria acontecido. Em especial, da professora Danielle Rodrigues, que transmitia seu conhecimento de maneira humanizada, sempre mostrando seu amor pela profissão e empatia pelo outro”, recorda. “Lá tive a oportunidade de apresentar projetos como Recicleta e Pedala Unifeob, ambos beneficentes. Sempre estive envolvida em causas sociais a favor de cidades sustentáveis e mobilidade urbana”.

Retorno positivo

O envolvimento tem gerado bons feedbacks por parte dos feirantes beneficiados. “Todos estão satisfeitos com o trabalho oferecido. ‘Elogio’ e ‘gratidão’ são as palavras que mais chegam até mim”, afirma Simone, que acredita que cada dia é uma nova oportunidade de se reinventar. “Se não der certo hoje, tudo bem, respire e amanhã tente novamente. A prática leva a perfeição”.

Acredito que todos vamos sair dessa fase mais fortes, mais humanos”, diz a gestora de marketing Simone da Silva

Seu relacionamento com os feirantes começou quando ela decidiu fazer um curso gratuito do Serviço de Aprendizagem Rural (Senar) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) de Minas Gerais. Ela tinha acabado de se mudar para Capitólio e não conhecia muita gente; além de atualizar os conhecimentos, também queria criar um network. “Quando vi eles se reinventando para atender os clientes, senti que esse seria um bom momento para contribuir com a comunidade, em especial com os produtores rurais. Percebi que poderiam ser mais assertivos utilizando técnicas de marketing, vendas e comunicação”.

A gestora de marketing ressalta os desafios impostos pela pandemia. “Foi algo dentro de mim que me motivou a ajudar. Estou tentando não focar no que nos prejudica e tirar proveito das boas experiências. Acredito que todos vamos sair dessa fase mais fortes, mais humanos”.

Na galeria, fotos dos feirantes durante o delivery e anúncios criados voluntariamente por Simone.