Engenharias Mecânica e de Produção e Farmácia são novidades da UNIFEOB

Engenharias Mecânica e de Produção e Farmácia são novidades da UNIFEOB

Os estudantes já começam a ter contato com as práticas desde o primeiro semestre

Três cursos novos têm tido boa procura na UNIFEOB e um dos motivos pode ser o mercado promissor destas profissões. Trata-se de Farmácia e das Engenharias Mecânica e de Produção. No caso das Engenharias, a previsão é que nos próximos cinco anos a procura por estes profissionais aumente consideravelmente no Brasil. Já o farmacêutico continua com mercado bastante vasto e aquecido para atuar.

Engenharias

O coordenador dos cursos de Engenharia da UNIFEOB, Reinaldo Washington Moraes, explica que o Centro Universitário já tem a Engenharia Civil com um dos maiores conceitos da região. “Resolvemos implantar mais dois cursos com a mesma metodologia para fornecer essa qualidade também em outras áreas da engenharia”.

Agora a UNIFEOB conta com Engenharias Civil, Mecânica e de Produção. E nos três cursos, conta Reinaldo, os dois primeiros anos, ou seja, os quatro módulos iniciais, são comuns. “Os estudantes têm os mesmos conceitos e unidades de estudo, o que fornece a eles uma pluralidade maior, pois aprendem conceitos dentro das outras Engenharias e saem sabendo trabalhar com outros engenheiros”, detalha. O coordenador lembra que na maioria das instituições tradicionais os dois primeiros anos são ciclo básico, em que só se vê química, física e matemática. “Na UNIFEOB, não. Aqui os universitários já veem Gestão Ambiental, o papel do engenheiro na sociedade, trabalham com desenho, programação robótica e materiais”, garante.

Mecânica

No caso do curso de Engenharia Mecânica, ao invés de tratar só a questão de motores, aborda-se várias áreas. “Entre elas, montagem de fábrica, fabricação mecânica, estruturas metálicas, controles, eletrônica, modelagem e simulação, calor e resfriamento, estudo de máquinas, motores de combustão, entre outros”, revela Reinaldo. Ele afirma que conseguiram fazer várias frentes em um único curso – o que geralmente não acontece. “Normalmente, os cursos de Mecânica são voltados apenas para materiais e motores ou estruturas. O nosso é muito mais amplo, o estudante trabalha com outros componentes, tanto industriais quanto residenciais”.

Produção

Já na Engenharia de Produção, segundo Reinaldo, a grande dúvida é o que este profissional faz. “O engenheiro de produção é aquele habilitado para trabalhar em fábricas, com processos industriais e gestão de processo dentro de indústrias”. Mas na UNIFEOB, além de fazer tudo isso, o estudante vai ter uma noção grande de mecânica, fabricação mecânica e unidades de eletrônica. “Vai trabalhar na gestão de qualidade, modelagem e simulação, robótica e planejamentos da Engenharia de Produção, como projetos de fábrica, controle de produção, logística e gestão estratégica voltada às linhas de produção industrial”.

O destaque do curso é proporcionar algo que as outras instituições não disponibilizam. “Aqui, a Produção oferece noções de robótica e mecânica, o que deixa o profissional mais polivalente”, assegura. “O mercado de trabalho para ambos os cursos deve crescer significativamente nos próximos cinco anos”, diz Reinaldo.

Farmácia

Outro curso novo na UNIFEOB é o de Farmácia, com duração de quatro anos. Esta é uma profissão com mercado de trabalho bastante aquecido, com contratação praticamente imediata. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) da Secretaria do Trabalho, referentes a 2019, demonstram que o farmacêutico foi a segunda profissão de nível superior que mais gerou novos empregos com carteira assinada no Brasil.

Na UNIFEOB, o curso de Farmácia tem algumas unidades que já contemplam a prática desde o início. “Tanto a prática em laboratório quanto à conexão ou abordagem profissional do farmacêutico desde o primeiro semestre”, explica o coordenador do curso Gustavo Isaac, que ressalta que a formação encampa produção, controle de medicamentos e cosméticos, análises clínicas e laboratoriais, pesquisa e desenvolvimento de fármacos, pesquisa clínica, gestão de indústrias e farmácias, entre outras.

“Nosso curso traz uma abordagem bem ampla da profissão. O diferencial é o dinamismo das aulas, em razão do projeto pedagógico, e a inclusão da prática desde o começo. É uma matriz bem interessante, trabalha unidades de estudo de âmbito profissionalizante. O estudante consegue ter contato com a profissão, se ver no mercado de trabalho e ter um desenvolvimento profissional desde o primeiro semestre”, garante.

Como entrar

Interessados nos novos cursos da UNIFEOB podem ingressar por meio do vestibular agendado. Basta acessar o site: vestibular.unifeob.edu.br. Quem já é graduado não precisa passar pelo processo seletivo e pode iniciar as aulas após efetuar a matrícula. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: (19) 3602-4185.