50ª Semana Jurídica Virtual Unifeob é sucesso de público

50ª Semana Jurídica Virtual Unifeob é sucesso de público

A programação completa soma mais de 5,6 mil visualizações no Youtube

Com temas de alta relevância acadêmica, a Semana Jurídica comemorou 50 anos em uma edição totalmente virtualizada. De 19 a 21 de maio, estudantes, professores e colaboradores da Unifeob estiveram juntos em debates instrutivos realizados por especialistas em suas respectivas áreas de estudo e atuação. “A experiência foi maravilhosa. Nós vimos, com o nosso conhecimento, que era absolutamente possível fazer. E deu certo”, comemora o coordenador do curso de Direito, Cyro Sanseverino, que enfatiza a grande adesão do público por conta dos palestrantes. “São professores bastante empáticos, ídolos dos nossos estudantes. Isso fez efetivamente com que se interessassem”.

A programação completa teve mais de 5,6 mil visualizações no canal da Unifeob no Youtube, com picos de até 590 internautas ao vivo. “Foi um público idêntico ao que a gente teria no Theatro Municipal. Muitos estudantes mandaram elogios privados, públicos, postaram fotos das lives nos seus perfis do Instagram e do Facebook”, relata. “Talvez tenha sido, em termos de feedback positivo, a melhor Semana Jurídica que já conduzi – e estou à frente do curso de Direito desde 2009”.

Para não prejudicar os universitários, a Unifeob resolveu manter o calendário acadêmico, uma vez que as aulas e eventos presenciais não podem ser realizados no momento por conta da pandemia de Covid-19. “Foi uma das decisões que a gente tomou desde o começo, quando resolvemos virtualizar antes de quase todas as outras instituições de ensino”, relembra Cyro.

“Talvez tenha sido, em termos de feedback positivo, a melhor Semana Jurídica que já conduzi – e estou à frente do curso de Direito desde 2009”, diz o coordenador Cyro Sanseverino

Conteúdo significativo

Os temas discutidos na 50ª Semana Jurídica foram: “A Unifeob e a atuação das instituições comunitárias em tempos de pandemia”, com a presença do reitor João Otávio Bastos Junqueira e abertura do professor Cyro; “A Constituição Federal e o presidente da República: comentários ao artigo 84 da CF”, com os professores Rafael Cambaúva e Daniele de Lima, ambos advogados militantes; e “A análise do discurso de renúncia de Moro e suas consequências jurídicas”, com os professores Gustavo Massari, presidente da 37ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São João da Boa Vista, e Dr. Ivan Constâncio, delegado de polícia. “Vale ressaltar que, excetuando-se o Dr. Ivan, todos os outros três foram meus alunos dentro da Unifeob, o que efetivamente é motivo de grande orgulho para mim”, afirma o coordenador.

No caso da palestra de abertura, o intuito foi transmitir informações importantes da Unifeob aos estudantes. “Muitos não sabiam, por exemplo, que a gente era uma fundação de ensino sem fins lucrativos, uma instituição comunitária”. O evento colocou em pauta assuntos atuais para serem debatidos sob a ótica jurídica. “A ideia era trazer para o ambiente acadêmico uma discussão que em toda a mídia é feita de forma politizada”, conta. “No segundo dia de palestras, os professores Rafael e Daniele falaram sobre as atribuições constitucionais do presidente da República e, no último dia, os professores Gustavo e Ivan falaram sobre as consequências jurídicas do discurso de renúncia do ex-ministro Moro”.