4 dicas de sucesso para professores ministrarem suas aulas virtuais!

4 dicas de sucesso para professores ministrarem suas aulas virtuais!

O distanciamento social provocou diversas alterações em nossas rotinas, um deles foi a forma com que as pessoas se reúnem com as escolas e Instituições de Ensino Superior para buscarem o conhecimento.
Muitos professores tiveram que se adaptar ao cenário de aulas virtuais e o ensino a distância já se tornou uma realidade para muitos.
Sabemos que transformações como essa geram dificuldades e incertezas, principalmente para os alunos que estão acostumados com os encontros presenciais e possuem um mapa mental definido de como tudo isso acontece.
O impacto dessas mudanças pode ser difícil para muitos. Pensando nisso, separamos algumas dicas para você, professor, conseguir ministrar suas aulas, fazendo com que seus alunos sintam-se mais a vontade e seguros com a nova experiência.

 

1 – Estruture seu conteúdo

Os conteúdos apresentados presencialmente terão que ser adaptados ao modelo virtual, invista em apresentações de slides, vídeos e materiais em diferentes formatos, como infográficos, dicas extras de leitura, entre outros.
Proponha atividades em grupos e disponibilize exercícios e trabalhos, investindo em diferentes formas de apresentação, como os formatos do conteúdo das aulas. Assim você conseguirá manter o engajamento e o interesse do aluno, o que é um desafio quando estão todos no conforto de suas casas. Por isso, é importante o estímulo em atividades e apresentação de um conteúdo bem estruturado.


2- Divida seus conteúdos e períodos 

Muitas vezes, porque muitos estão em casa, algumas pessoas podem pensar que não há necessidade de intervalo.
Mas, é importante que o professor chegue a um consenso a turma para definir possíveis pausas e realizar a divisão dos conteúdos. Aulas muito longas podem gerar  a perda de atenção, pelo cansaço dos estudantes.
Quando falamos da divisão de conteúdo, é importante definir de que forma será feito, para que o ensinamento não fique cansativo e siga uma ordem clara e de fácil compreensão, evitando com que seu aluno disperse a atenção durante a apresentação.

3 – Interaja com seus alunos

Neste momento de isolamento social, o que todos mais querem é sentirem-se acolhidos e próximos uns dos outros de alguma forma.
Atualmente, é por meio da tecnologia e internet que fazemos isso e, quando falamos da aulas, isso não é diferente.
Seus alunos tinham o costume de se reunir, estarem próximos de seus colegas e professores e essa vontade continua viva, o que faz com que a interação com eles sejam indispensável.
Ofereça um diferencial. Além de um bom conteúdo, transmita a preocupação com os alunos e com o desenvolvimento deles, confira abaixo algumas formas de fazer isso.

Proponha atividades que gerem interação com todos.
Coloque-se à disposição para tirar dúvidas.
Disponibilize materiais extras.
Ofereça um material atualizado e de qualidade.
Aposte em dinâmicas em grupos virtuais.
Incentive e estimule o diálogo entre os alunos.
Apresente atividades dinâmicas e criativas que resultem no engajamento.

4- Invista em uma boa plataforma para as aulas

Agora que você já está por dentro de boas dicas para realizar suas aulas com sucesso, é importante entender a importância de uma boa plataforma para mantê-las, conseguindo apresentar e disponibilizar atividades e conteúdos.
As plataformas Blackboard e Google Classroom são ótimas opções. Você pode criar turmas, disponibilizar materiais e terá uma estrutura profissional. 

Ah, além de escolher uma boa plataforma, é importante ministrar as aulas em ambientes com boa iluminação, cenário adequado e com uma boa qualidade de áudio.
Lembre-se, independentemente do ambiente virtual ou presencial, o professor é indispensável e disponibilizamos este artigo para que você possa se sentir mais seguro e proporcionar um ambiente de qualidade e interação aos estudantes.
Ah, além sabemos da importância da tecnologia nesse cenário e como se adaptar à forma de aprendizado dos alunos, a Unifeob se coloca à disposição para auxiliar professores e coordenadores de outras IES e escolas, com seu know-how pedagógico e tecnológico.
A Instituição está aberta para parcerias em benefício da comunidade, além de estar disposta a compartilhar sua experiência e oferecer cursos de capacitação para a utilização de ferramentas tecnológicas a professores e estudantes.