Acontece na Unifeob

Professora de Direito da Unifeob publica capítulo de livro sobre meio ambiente na Suíça

A docente Danielle Cassucci é coautora de um texto sobre projetos sustentáveis, como a Carne Carbono Neutro.

Os professores da Unifeob constantemente são motivo de orgulho para toda a instituição. A docente do curso de Direito, Danielle Cassucci de Lima, foi coautora de um capítulo do livro “Environment and Climate-smart Food Production” (Meio Ambiente e Produção de Alimentos Inteligentes para o Clima), publicado na Suíça pela editora Springer-Nature, portfólio internacional de conteúdo científico, técnico e médico para pesquisadores.

“Minha parte estava ligada a pesquisas de projetos sustentáveis, como Carne Carbono Neutro (CCN), um produto promissor”, diz a docente Danielle Cassucci

“Ele retrata justamente o que estamos vivendo: a importância das mudanças climáticas, como nossa alimentação influencia o clima e quais alimentos inteligentes podem ajudar a mitigar os impactos dessas transformações”, conta Danielle, empolgada pela primeira publicação internacional. “Nós, operadores do Direito, estamos sempre produzindo conteúdo. Com o mestrado, a produção acadêmica acaba ficando bem intensificada”.

Conheça o capítulo do livro do qual a Prof. Danielle é coautora

A obra está disponível para compra desde o dia 10 no site oficial da editora. Finalizado em novembro do ano passado, o terceiro dos 12 capítulos – “The Telecoupling Approach to the Global Food System and Climate Change Regime: The Pivotal Role of Brazil and China” (A Abordagem do Telecoplamento para o Sistema Alimentar Global e Regime de Mudança Climática: O Papel Central do Brasil e da China) – é fruto da parceria entre Danielle, o pós-doutor em Direito Internacional, Douglas de Castro, e sua aluna Caroline Romano.

Cooperação

O Prof. Dr. Douglas de Castro a convidou para a colaboração após participarem de uma entrevista sobre as eleições americanas para a TV Justiça. “Depois de ser chamada por ele para integrar o Núcleo de Estudos Avançados em Direito e Política Internacional, fui convidada para escrever este capítulo do livro”, relembra.

Para redigir o conteúdo – que, por exigência, precisava ter no mínimo 14 mil palavras –, o trio se organizou para dividir as tarefas. “A Springer é conhecida pela rigidez quanto à formatação e qualidade da publicação. Minha parte estava ligada a pesquisas de projetos sustentáveis, como Carne Carbono Neutro (CCN), um produto promissor, principalmente para quem se preocupa com o meio ambiente, alterações climáticas, desmatamento e emissão de gases de efeito estufa”.

Inspiração

Danielle explica que a produção acadêmica pressupõe estudo e pesquisa. “O principal objetivo é compartilhar seu conhecimento e contribuir para o desenvolvimento de outros trabalhos a partir do seu”, afirma. “Outra questão é a possibilidade de construção de teses com base na formação de opinião pessoal, o que tenho desenvolvido bastante. Há também a visibilidade; ter seu trabalho citado em outro é muito gratificante”.

A professora defende a realização de pesquisa durante a graduação. “Os estudantes normalmente têm a oportunidade de iniciar a experiência com o Trabalho de Conclusão de Curso, o TCC, mas na Unifeob essa experiência começa mais cedo. São projetos de extensão acadêmica, confecção de banners, produção de artigos e pareceres. Além disso, temos o programa de iniciação científica, do qual sempre participo. O caminho da escrita é árduo, mas a recompensa do produto final é fantástica”, conclui.

Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Recomendados