Acontece na Unifeob

Exposição homenageia grandes nomes da arquitetura nacional

Os banners na Praça do Palmeiras exibem obras, histórias e curiosidades sobre o tema.

De 5 de novembro a 10 de dezembro, quem passar pela calçada da Sede Social do Palmeiras (Av. Dona Gertrudes, 221) poderá contemplar e aprender muito sobre ícones da arquitetura brasileira. Idealizada e organizada pelos arquitetos Victor Minghini e Ricardo Ciaco, respectivamente docente e coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Unifeob, a mostra “Casas Brasileiras do Século XX” apresenta construções residenciais modernas e exemplares, produzidas entre as décadas de 1950 e 70 no país.

“O que nos interessa é que o acesso à exposição seja franco, gratuito e direto na calçada do centro da cidade” diz o idealizador da exposição Victor Minghini

“O propósito único, genuíno, é falarmos de arquitetura diretamente no espaço público, romper o debate interno aos limites acadêmicos e reconhecer, expor e valorizar personagens importantes da historiografia da arquitetura brasileira, criando novas referências no imaginário público”, explica Victor. Para ele, realizar a exposição em um espaço como o Palmeiras, na principal avenida do município, é essencial para o sucesso do projeto. “Expandir a calçada do centro junto a um patrimônio edificado favorece que o discurso seja ampliado, não deve haver grades para o acesso ao conhecimento”.

Conteúdo

Transeuntes poderão ter contato com vida e obra de Vilanova Artigas, Paulo Mendes da Rocha, Oscar Niemeyer, Lina Bo Bardi, João Filgueiras Lima, Jaime Lerner, Eduardo de Almeida, Marcos Acayaba, Oswaldo Bratke e Rino Levi, bem como com as fotografias dos responsáveis por documentá-las: Nelson Kon, Joana França e Ricardo Perini. Para maior imersão, a exposição também conta com um site: abre.ai/casasbrasileiras.

Embora seja impossível retratar com fidelidade a riqueza da produção habitacional da arquitetura moderna brasileira, Minghini acredita que o conteúdo da exposição reflita um recorte justo. “Para o curso de Arquitetura e Urbanismo representa também um primeiro intento em aproximar as reflexões acadêmicas à comunidade”, afirma. “O que nos interessa é que o acesso à exposição seja franco, gratuito e direto na calçada do centro da cidade”.

Conheça o curador

Arquiteto e urbanista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2009), especializou-se em Sustentabilidade das Edificações (Mackenzie – 2011), em Habitação e Cidade (Associação Escola da Cidade – 2012) e em Geografia, Cidade e Arquitetura (Associação Escola da Cidade – 2014). É mestre (2019) no programa de pós-graduação da Universidade de São Paulo (FAU/USP) na área de Projeto de Arquitetura. No campo profissional, é sócio-proprietário do escritório Commune Arquitetura no desenvolvimento de projetos em diversas escalas e programas.

Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Recomendados