A Pesquisa na UNIFEOB

iniciação científica_face

 

Apresentação

A UNIFEOB mantém uma política de pesquisa que tem como objetivo orientar as ações desenvolvidas nesse campo do conhecimento. As pesquisas têm alicerce em princípios e critérios de produção de conhecimento científico e tecnológico, seguindo normas éticas de pesquisa em seres humanos e animais e dissociada do ensino e da extensão. As atividades convergem com as diretrizes nacionais, visando o desenvolvimento sustentável social, econômico e ambiental.

A política de pesquisa da UNIFEOB segue regimentos de extrema relevância, como a integração das atividades universitárias, baseada na tríade ensino-pesquisa-extensão; contribuir para o desenvolvimento sustentável do país e para a ações comunitárias da instituição; produzir conhecimento nas diversas áreas do saber; propagar o conhecimento para a sociedade; valorizar as iniciativas de pesquisa e os pesquisadores; estimular e apoiar a captação de recursos e cooperações nacionais e internacionais; resguardar a Instituição e os pesquisadores nas questões relativas à propriedade intelectual de sua produção; valorizar o círculo virtuoso envolvendo a iniciação científica e os grupos de pesquisa.

 

Programa de Iniciação Científica e Tecnológica

O Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica da UNIFEOB é voltado para o exercício do pensamento científico, tecnológico e inovador nos estudantes de graduação do ensino superior da UNIFEOB, a partir da realização de projetos de pesquisa científica e tecnológica.

O objetivo do programa é desenvolver a prática científica, visando a inovação tecnológica e a consolidação do ensino por competências, que são apresentadas no projeto pedagógico do Centro Universitário. Por meio da produção acadêmica, os alunos são incentivados e estudam em um ambiente que cria condições para expandir a autonomia intelectual, espírito crítico e investigativo, e aluno e professor refletem juntos na atuação do profissional.

Confira os documentos importantes

Programa de Iniciação Científica 3º Ciclo (edital)

Programa de Iniciação Cientifica 2º Ciclo (edital)

Programa de Iniciação Cientifica 1º Ciclo (edital)

Manual UNIFEOB para trabalhos acadêmicos

Ficha de Inscrição

Modelo de Projeto

Formulário de Encaminhando de Relatório

 

Contato: ic@unifeob.edu.br

Publicações Internacionais

Coumarin Fumaric Acid

Glycerol Etherification

High-Pressure Acid-Catalyzed

Isomerization and Hydration

Hydroesterification of crame oil

Leachate Treatment Using Supercritical Water

Oil extraction from macauba pulp using compressed propane Pressurized Liquid Extraction of Macauba Pulp Oil

Pressurized Liquid Extraction of Oil from Soybean Seeds

Pterodon Fruits

Supercritical Water Oxidation of Lactose

 

Você sabe o que é Iniciação Científica e Tecnológica?

A iniciação científica é o primeiro passo do estudante no mundo da pesquisa. Ao escolher participar de um programa de iniciação científica, o aluno tem a chance de se envolver ativamente com a construção do conhecimento. Ele passa de ouvinte, de leitor, a questionador, se apropriando de novas perguntas e busca por respostas.

O contato com outros novos pesquisadores ou mesmo com nomes consagrados trazem luz a muitos métodos de pesquisa dentro de um mesmo projeto. O horizonte da investigação científica é aberto aos olhos do estudante, que, no futuro, pode ingressar em uma pós-graduação acadêmica, em um mestrado ou doutorado, ou mesmo buscar uma qualificação diferenciada para o mercado de trabalho.

A pesquisa faz o universitário partir para a parte prática e caminha junto com o desenvolvimento da formação. É uma quebra de paradigma educacional, tirando o aluno de receptor da informação, para transformá-lo em produtor do conteúdo acadêmico-científico.

Para quem almeja entrar em um mestrado, por exemplo, é recomendado antes de qualquer coisa, trabalhar em um programa de iniciação científica. E, para isso, é importante a produção de conteúdo, como artigos, resumos, participação em congressos, feiras acadêmicas, semanas acadêmicas. Pois tudo isso facilita a fixação do conteúdo e garante um importante diferencial no ingresso no mercado de trabalho, fortalecendo o currículo.

Os alunos em iniciação científica também são de grande relevância para o professor, pois estabelece contato com novos questionamentos, que serão objetos de novos estudos, de novas pesquisas.

Todo aluno é um pouco pesquisador. Alguns são mais práticos, outros mais teóricos. E o papel do programa de iniciação científica é desenvolver diferentes formas de pesquisas e incentivar a busca por novos conhecimentos.