UNIFEOB promove Movimento de Empoderamento Universitário

UNIFEOB promove Movimento de Empoderamento Universitário

Respeito, empoderamento, diversidade e oportunidades são temas muito discutidos
atualmente e que fazem parte da agenda do Movimento de Empoderamento Universitário –
MEU, organizado por colaboradoras e estudantes da UNIFEOB.
O Movimento foi criado com objetivo de propor ações efetivas voltadas para os
direitos humanos e foi selecionado, entre os projetos do mundo todo, pela ONG AAUW –
American Association of University Women, para receber o CAP Grant (Campus Action
Program – Programa de Ação no Campus), recurso disponibilizado pela AAUW para as
instituições de ensino selecionadas e o processo seletivo acontece uma vez por ano.
Luciana Junqueira, Gerente do Conexão e integrante do movimento, explica que a
concepção do projeto visa atender diversos grupos, principalmente para as mulheres. “A ideia
do projeto é promover o respeito mútuo, o empoderamento e buscar alterativas para todos os
grupos e, principalmente, para as mulheres. A ideia é trazer todo mundo para a discussão e
que o movimento cresça dentro do campus”.
A UNIFEOB é a primeira instituição da América Latina a firmar parceria com a AAUW,
buscando na educação meios de transformação e ascensão feminina.
A escolha do nome do projeto vem do princípio de apropriação e também de
acolhimento, assim como explica Bruna Ribeiro, integrante do movimento e colaboradora da
instituição. “O nome MEU é para se apropriar mesmo, para que todos se sintam acolhidos.
Porque pessoas empoderadas empoderam outras pessoas”.
“É estar à vontade para buscar o seu espaço e a sua voz”, reforça Márcia Maeno,
participante do movimento e estudante do curso de Direito.
As primeiras ações acontecem em 2018, com o envolvimento de diversos cursos do
Centro Universitário, propondo mesa redonda, simpósio, sarau, painel de empreendedorismo,
entre outras atividades.

AAUW

Empoderamento de Mulheres e Meninas está na missão da American Association of
University Women (AAUW). A organização atua desde 1881 pela garantia dos diretos das
mulheres, pelo acesso à educação, eliminação das diferenças salariais e oportunidades de
trabalho em virtude de gênero e tem participação fundamental em várias conquistas femininas
nos EUA, incluindo o direito ao voto.
“O ambiente acadêmico, no meu ponto de vista, é fundamental na discussão de temas
como diversidade, igualdade, respeito. Estudantes, por natureza, buscam conhecimento e o
novo. A UNIFEOB tem feito sua parte, buscando novas parcerias – parcerias pelo mundo, diga-
se de passagem – trazendo diversidade de ideias e realidades. Despertando a consciência em
seus colaboradores e estudantes. Isso é muito importante”, finaliza Gabriela Hoover, Diretora
De Cultura e Assuntos Internacionais da AAUW-NYS.

 

IMG_0338