Reitor da UNIFEOB participa de Missão Técnica Internacional

Reitor da UNIFEOB participa de Missão Técnica Internacional

O Reitor da UNIFEOB João Otávio Bastos Junqueira viajou à Finlândia e à Dinamarca para 9ª Missão Técnica Semesp.

O evento organizado pelo Semesp – Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo tem o objetivo de reunir gestores de Instituições Brasileiras de Ensino Superior para discutir o funcionamento do sistema educacional desses dois países e práticas modernas e inovadoras de administração e ensino utilizadas por eles.

Junto a um grupo de gestores de Instituições de Ensino Superior nessa viagem pela educação, João Otávio visita a cidade de Helsinque, na Finlândia, percorrendo os principais pontos turísticos, assim como tem a oportunidade de conhecer o panorama do sistema educacional finlandês, participa de debates sobre a formação e currículo para futuros professores, interdisciplinaridade, engajamento dos estudantes, tecnologias educacionais e cooperação escola-universidade. A programação do evento aborda novos modelos de ensino e uma visita à Copenhague, capital e maior cidade da Dinamarca.

A Finlândia está entre as primeiras posições do Programa Internacional de Avaliação dos Alunos (Pisa) e suas políticas públicas para educação são um exemplo a ser seguido. E de acordo com a Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Econômico (OCDE), a Dinamarca está entre os países que mais investem em educação, evidenciando a grande importância da Missão Técnica Semesp.

A escola do futuro

Durante a visita, o Reitor da UNIFEOB conhece a inovadora Saunalahti School, na cidade de Espoo, que fica a 30 minutos de Helsinque. Começando pela arquitetura inovadora, a escola busca proporcionar aos seus alunos, do jardim de infância até escola secundária, uma experiência boa no ambiente escolar e desenvolver interesse pelo processo de aprender.

O edifício, parecido com uma universidade, acomoda teatro, cafeteria, clube de jovens, academia, oficinas e biblioteca, e alguns setores foram planejados para servir a comunidade.

Conhecida como “escola do futuro”, já ganhou prêmios de inovação no ensino e vem mudando a cultura local sobre o estudo. É importante destacar que o projeto pedagógico e as suas instalações servirão de modelo em um futuro próximo, como visão de educação de uma forma diferente e atrativa.