PRÁTICAS BEM SUCEDIDAS

PRÁTICAS BEM SUCEDIDAS

O projeto acadêmico da UNIFEOB “Práticas Bem Sucedidas em Sala de Aula” foi encerrado com grande sucesso e em meio a muitos elogios. O evento de premiação foi realizado no sábado, dia 7 de novembro e contou com a presença de professores, coordenadores e reitoria do Centro Universitário, além da banca julgadora composta por três mestres de outras instituições.

O projeto visa avaliar e premiar as melhores práticas realizados pelos professores em sala de aula, as quais busquem desenvolver atividades pedagógicas com foco prático na aprendizagem dos alunos.

A iniciativa é da Pró-reitoria Acadêmica e Diretoria de Ensino Presencial, que juntamente com o reitor e coordenadores das graduações da UNIFEOB concretizaram o momento de reflexão e análise das melhores práticas.

Na sua fala de abertura, o reitor João Otávio Bastos Junqueira anunciou a permanecia deste projeto para os próximos anos e homenageou a professora Ilza Maria Agostinho. “Esse projeto terá o nome da Ilza, que sem dúvida foi para nós uma grande profissional, muito dedicada e entusiasmada com o cotidiano do professor”, comenta João.

O projeto Práticas Bem Sucedidas recebeu 70 trabalhos e destes 14 finalistas realizaram a apresentação oral.

A grande vencedora foi Geisa Ap. da Silva Gontijo, professora da disciplina de Planejamento Urbano, do curso de Engenharia Civil, que propôs aos alunos a realização de uma prática com jogos e simuladores para o planejamento de uma cidade.

A banca julgadora dos trabalhos foi composta pelos professores: Ana Maria Negrão, João Virgílio Tagliavini e Monika Fritz, que vieram especialmente para participar da seleção e se mostraram extremamente satisfeitos e muito felizes por presenciarem atividades acadêmicas diferenciadas que estejam verdadeiramente focadas no aluno como autor e responsável ativo de seu desenvolvimento acadêmico.

A professora e coordenadora do Curso de Letras e Pedagogia da UNIFEOB destacou que boas atividades pedagógicas, como as expostas no evento, acontecem todos os dias. E para amplificar as conquistas, a instituição visualizou a necessidade de abrir um espaço para os professores compartilharem as ações.

O pró-reitor acadêmico, José Roberto Almeida Junqueira, destacou a importância da constante troca e adaptação dos processos de aprendizagem com foco no aluno, para possibilitar que estes avancem cada vez mais.