ENFERMAGEM PARTICIPA DE CONGRESSO BRASILEIRO

ENFERMAGEM PARTICIPA DE CONGRESSO BRASILEIRO

A coordenadora do Curso de Enfermagem professora Eliane Terezinha Mendes apresentou pesquisa no 67º congresso Brasileiro de Enfermagem. O evento realizado de 27 a 30 de outubro, em São Paulo, abordou como tema central: “Para onde caminha a Enfermagem Brasileira?” e foi organizado pela Associação Brasileira de Enfermagem – ABEn Nacional.

Na oportunidade a professora Eliane realizou a exposição oral da pesquisa: ”A SÍNDROME DE BURNOUT E A PERCEPÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO: um estudo com trabalhadores de enfermagem”.

O termo Burnout, de origem inglesa, designa algo que deixou de funcionar por exaustão de energia, ou seja, é aquilo ou aquele que chegou ao limite, com grande perda em seu desempenho físico e mental. Burnout é a desistência de quem está preso a uma situação de trabalho que não pode mais suportar, mas que também não pode abandonar. De forma inconsciente, o trabalhador retira-se psicologicamente do trabalho.

A Síndrome de Burnout vem ganhando atenção de muitos pesquisadores, devido aos níveis alarmantes de incapacidade temporária, absenteísmo, aposentadoria precoce e risco à saúde, associados à atividade profissional.

“O objetivo do trabalho foi investigar a percepção de Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) e sua relação com a Síndrome de Burnout em profissionais de enfermagem da Atenção Básica à Saúde”, destaca Eliane.

A professora do curso de Enfermagem, LEILA BARROSO da SILVA OLIVEIRA também, participou do congresso como ouvinte.