Diversidade será tema de destaque na UNIFEOB

Testeira_Email

Pluralidade, variedade, contraste, diferença são componentes importantes para trabalhar a diversidade, tema que a Responsabilidade Social da UNIFEOB tratará com toda a comunidade acadêmica neste ano de 2017.

De acordo com Luciana Junqueira, gestora do Conexão, departamento responsável pela Responsabilidade Social, a proposta é desenvolver diversas atividades que proporcionem a reflexão sobre o este importante tema social.

“Pretendemos despertar a consciência para superarmos a violência, o preconceito e a discriminação, e promover atividades educativas de promoção e defesa dos direitos humanos na instituição e na comunidade”, explica Luciana.

As primeiras ações a serem realizadas foram: projetos interdisciplinares do Curso de Pedagogia e Letras; um grafite realizado pelos estudantes do Curso de Arquitetura durante workshop com o artista Claudio Ethos; painel para colaboradores da instituição com o tema “Diversidade Hoje: definição, conflito de gerações e uma nova realidade”, realizado pela diretora da AAUW (American Association of University Women), Gabriela Hoover, entre outras atividades a serem concretizadas até o fim deste ano.

Painel

A próxima ação a ser realizada será um painel, agendado para dia 26/06, segunda-feira, no Campus Mantiqueira da UNIFEOB. A proposta é abordar “Diversidade Hoje: definição, conflito de gerações e uma nova realidade”, a ser conduzida pela diretora da AAUW, Gabriela.

“Quero apresentar um pouco da minha realidade, como esse assunto é tratado na sociedade aqui e os efeitos na geração de estudantes no Ensino Médio e Universidade”.

Ainda segundo Gabriela, temos uma geração de jovens estudantes que vê a questão da diversidade e da inclusão de uma maneira diferente. O que era quase um “tabu” há uma década (como homossexualidade e tudo que envolve a definição de gênero), está mudando.

“Percebemos uma geração mais tolerante e mais engajada, claro que não é um comportamento geral. Temos que falar sobre isso, trocar experiências e entender as melhores formas para lidar com o assunto”, comenta.

Para os colaboradores, essa reflexão se faz importante para trazer à tona consciência e empatia.

“Às vezes, somos vítimas de nossa própria cultura, e julgamos baseados em aparência, ou baseados em uma crença que não faz sentido. Se estivermos conscientes disso, e quando nos esforçamos para olhar para o outro de forma empática, as relações interpessoais fluem”, afirma a diretora da AAUW.

AAUW

Empoderamento de Mulheres e Meninas está na missão da Associação Americana de Mulheres Universitárias (AAUW). A Organização busca, por meio de ações nos campos da educação, defesa e engajamento, avançar em temas que envolvam direitos, salários e oportunidades iguais.

“O ambiente acadêmico, no meu ponto de vista, é fundamental na discussão de temas como diversidade, igualdade, respeito. Estudantes, por natureza, buscam conhecimento e o novo. A UNIFEOB tem feito sua parte, buscando novas parcerias – parcerias pelo mundo, diga-se de passagem – trazendo diversidade de ideias e realidades. Despertando a consciência em seus colaboradores e estudantes. Isso é muito importante”, finaliza Gabriela.