Alunos de Arquitetura desenvolvem o projeto “Viva seu Bairro”

Alunos de Arquitetura desenvolvem o projeto “Viva seu Bairro”

O projeto “Viva seu Bairro” teve início no mês de setembro de 2015  no Núcleo Habitacional Professor Cavalcante, em São João da Boa Vista, SP. A proposta é liderada pelos universitários do Curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário UNIFEOB, com auxílio dos estudantes de Engenharia Agronômica.

Mesmo tendo começado a tão pouco tempo, este projeto foi inscrito no Dia da Responsabilidade Social do Ensino Superior e trouxe para a UNIFEOB o Selo de Instituição Socialmente Responsável conferido pela ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior).

As atividades são realizadas aos sábados com a participação dos moradores, doações da comunidade e envolvimento de professores e alunos.

De acordo com a Flávia Figueiredo, diretora de projetos de extensão da UNIFEOB, as atividades iniciaram com visitas ao bairro e reuniões com os moradores e líderes comunitários.

Após reunir as necessidades e impressões, os alunos traçaram um plano e iniciaram atividades que visam a melhoria da qualidade de vida no conjunto habitacional.

“Por meio do trabalho artístico, reabilitação de praça, hortas comunitárias, orientações para tratamento adequado do lixo, desenvolvimento de brinquedos com materiais reciclados para a creche local os futuros arquitetos conhecem essa realidade e cumprir seu papel social”, destaca o coordenador do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIFEOB e Coordenador do Projeto, Ricardo Ciacco.

Segundo ele, esse projeto visa aproximar o aluno da realidade que mais precisa de arquitetos, “esses profissionais com conhecimento e ações simples conseguem transformar um ambiente”, afirma.

Com essas ações o resultado esperado é estimular o orgulho e o sentimento de pertencimento dos moradores para com o conjunto habitacional.

Os primeiros resultados já podem ser vistos, tanto nos aspectos físicos com as pinturas e jardinagens, como também na participação de alunos e da comunidade.

“Desde o 1º dia nós viemos e vimos a necessidades dos moradores. E estamos muito envolvidos para fazer o melhor para eles, faremos o possível para deixar o ambiente melhor para o lazer e bem estar, principalmente das crianças”, disse Rafaela Pedrilo, que é aluna do 5º módulo de Arquitetura.

Já para Luis Gustavo Costa, de 17 anos, a atividade é recebida com muita gratidão e entusiasmo. “Além de ser bastante divertido, receber esse apoio que vem de fora é muito importante. Este conjunto tem 18 anos e nunca tínhamos tido um apoio assim. A faculdade entrou aqui e trouxe muitos benefícios e foi tudo muito rapidamente”, enfatiza o jovem.

Após esta primeira proposta serão realizadas atividades em outros pontos da cidade que necessitam da intervenção do curso de Arquitetura e Urbanismo.